Expô atrai 40 mil pessoas no Recinto

Cinco dias de evento. Público superior a 40 mil pessoas. Exposição de 1.012 animais de 11 raças bovinas. Cinquenta e seis expositores de toda a cadeia do agronegócio. Apresentações de 322 artistas rio-pretenses e da região, em 68 atrações.

Foi com esses números expressivos que a 55ª Expo Rio Preto, realizada de 11 a 15 de outubro, resgatou sua tradição e reposicionou-se como a maior feira agroempresarial do Noroeste Paulista.

O prefeito Edinho Araújo comemorou o sucesso do evento. “Aplausos gerais para a Expô 2017, a 55ª, sucesso de público com a volta das famílias para um evento que teve como conseqüência a movimentação da economia local. A palavra crise foi esquecida e demos um passo gigantesco no sentido de aprimorar este setor, o do agronegócio. Agradeço o apoio de todos os que apostaram na retomada de nossa tradicional exposição, em especial a Acirp, ABDI, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil e demais parceiros e aos expositores e criadores que acreditaram na Expô. Este é o modelo que deverá ser a nossa marca: uma exposição técnica, voltada ao potencial do agronegócio brasileiro”, disse.

“Êxito!”, foi a palavra usada pelo empresário Paulo Sader, presidente da Expo 2017 e da ACIRP – Associação Comercial e Empresarial de São José do Rio Preto, para avaliar o evento.

“A Prefeitura de Rio Preto fez uma grande ação em benefício do município, recolocando a cidade entre os grandes eventos agro. Vários setores da nossa economia foram retomados, com uma grande geração de negócio dentro da própria feira. Tivemos dois leilões bovinos excepcionais e uma variedade de animais que animaram os criadores e empresários da pecuária. Fora a transparência com que os julgamentos aconteceram, dando a seriedade necessária à nossa Expo”, avalia Sader.

O presidente da 55ª Expo ressalta que a encontrou-se o caminho, inclusive para os próximos anos. E destaca a importância de se pensar as próximas edições, uma vez que esta – retomada após intervalo desde 2015 – superou em muito as expectativas da organização.

“Nós conseguimos integrar negócios, capacitação e entretenimento com grandes apresentações, que valorizaram os talentos da nossa terra e agradaram o público. Tivemos gente do Brasil todo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Mato Grosso, conhecendo nosso jeito de fazer exposição”, completa.

Na frente de entretenimento, a coordenadora Cristina Bassitt lembra que o público no dia 12 (sexta-feira), feriado de N. Sra. Aparecida e Dia das Crianças, foi de mais de 10 mil pessoas registradas em catracas.

“A sexta-feira foi especialmente emocionante, com a carreata de 70 veículos entre a cavalaria da Polícia Militar, clube de motociclistas, trator e muitos outros, saindo da Basílica com um barco em que três artistas simularam o encontro da imagem de Nossa Senhora, onde um padre também abençoava a população. Já no Recinto, mesmo sob sol intenso, o público acompanhou a missa ministrada por Dom Tomé, com diversas manifestações de fé”, lembra Bassitt.

Logo em seguida, a programação gratuita voltada às crianças agitou todas as áreas da Expo, com músicas, brincadeiras, encenações e outras atrações.

“As famílias encheram aquele lugar. Era nítida a alegria das pessoas em participarem daquele movimento, que é nosso, do nosso município”, acrescenta.

Um balanço completo da Expo Rio Preto 2017 será divulgado em breve pela Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento, responsável pela organização do evento. A Expo contou com o patrocínio da ABDI (Associação Brasileira de Desenvolvimento Industrial), da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, e apoio institucional da ACIRP e da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento de São Paulo.

Marcella Moreira